Empresas Especializadas no Controle de Vetores e Pragas podem atuar no Programa de Combate à Dengue

6
1334

A conquista pela FEPRAG junto ao Ministério da Saúde e o Programa Nacional de Controle a Dengue do importante espaço para que os Profissionais de Controle de Vetores e Pragas possam atuar com segurança no Controle dos Vetores Transmissores de Doenças (Aedes aegypti), vem para fortalecer o segmento e ampliará muito o campo de atuação das Empresas Especializadas, criando demanda imediata na ampliação de atuação dos atuais Contratos de Manejo Integrado de Pragas, nos atuais cliente e em novos Contratos.

 

Com a nova perspectiva de atuação faz-se necessário a Capacitação imediata dos Profissionais que desejarem realizar este tipo de serviços e nas Endemias emergentes no pais, para que esta força complementar venha a somar com nas ações já realizadas pelo setor Público, para que não haja conflitos de informações e interesses, listaremos os principais pontos a serem observados para se habilitar os Profissionais e Empresas conforme a Nota Informativa Nº 120, de 2016/CGPNCD/DEVIT/SVS/MS.

 

O estabelecimento de parceria para que as empresas de controle de pragas possam atuar no controle dos vetores transmissores de doenças pode ocorrer, desde que seja feita a pactuação tripartite no âmbito do Grupo Técnico de Vigilância em Saúde da Comissão Intergestora Tripartite (GTVS-CIT) e sejam atendidos os seguintes critérios:

 

– As Empresas de Controle de Pragas devem estar devidamente registradas e seguir as recomendações da RDC 52/2009 da ANVISA, que dispõe sobre o funcionamento de empresas especializadas na prestação de serviço de Controle de Vetores e Pragas Urbanas e dá outras providências.

– As Empresas devem estar cadastradas junto ás Secretarias Municipais de Saúde (SMS) relativas à sua localidade de atuação.

– Deverão ser enviados relatórios ás Secretarias Municipais de Saúde (SMS), com informações sobre as ações realizadas, com periodicidade e formato definidos pela SMS.

– Os Técnicos das Empresas interessadas, deverão passar por orientação da SMS, recebendo informações sobre inseticidas a serem utilizados, registros das visitas para fim de avaliação e monitoramento e temas relativos à segurança no uso dos diversos inseticidas e equipamentos.

 

Muito importante a capacitação para que as ações realizadas não venham a comprometer o Monitoramento e registros de levantamento de índice

 

ÁREA DE ATUAÇÃO: A ação dessas Empresas (Empresas Especializadas) deve ser restrita a condomínios residenciais verticais, horizontais e outros ambientes privados, como da indústria e comércio.

 

Com a delimitação da área de atuação estaremos podendo elaborar nas áreas Privadas os Programas de Gerenciamento e Prevenção no controle do Aedes aegypti, atendendo uma demanda invisível que existia no Combate, havia limitação de uso de recursos nas área Particulares Privadas Comerciais e Industrias que será suprida com nossa atuação.

Alerto que o cumprimento rigoroso e sistemático da RDC 52/2009 da ANVISA que trata da atuação das Empresas Especializadas no Controle de Vetores e Pragas, será fundamental para a manutenção e viabilidade da parceria, principalmente com relação a Capacitação, Registros e Publicidade.

 

Neste sentido o Pragas & Eventos sai na frente com Cursos de Capacitação para Profissionais de Saúde Pública e Controle de Vetores e Pragas a serem realizados em todo o pais e já iniciando este ano e com objetivo de levar a Capacitação para todos os Estados em 2017, já temos agendado:

 

Cascavel/PR – 11 e 12 de Novembro – Módulos I e II

02 e 03 de Dezembro Módulos III e IV.

Florianópolis/SC  –  15 a 17 de Janeiro de 2017 – Módulos I, II e III e IV.

Porto Alegre/RS  –  15 e 17 de Fevereiro de 2017 – Módulos I, II e III e IV.

6 COMENTÁRIOS

  1. UNA GRAN INFORMACIÓN PARA MI PAÍS PERÚ… Sería muy valioso recibir mayor información. Asumo los gastos de la información y envío.
    Soy capacitador de la compañía TECNOLOGÍA QUÍMICA Y COMERCIO S.A.(TQC) con (RUC 20307150981). Capacito y entreno a empresas controladoras de plagas (acá en Perú se llaman…de fumigaciones) en todo el pais. Tengo visitadas y capacitadas mas de 400 empresas de diversas categorías en estos últimos 10 años en
    costa, sierra y selva (de 0 a 4,300 msnm). TRABAJO 37 AÑOS EN ESTA ACTIVIDAD Y EN LA MISMA EMPRESA. Promociono también la linea de sanidad ambiental de TQC que consta de insecticidas, rodenticÍdas, desinfectantes, todos para la salud pública, industrial y doméstica.
    Nos gustaría participar como asistentes en estos eventos y solicito mayor informción al respecto.
    Cuenten con un amigo y colaborador.
    Luis Amat y León
    CELULAR CLARO 051 986 630 472
    emal: lamat@tqc.com.pe

    • Prezado Luis,

      Estaremos fazendo o possível para poder ajudar com informações, hoje nosso conteúdo esta todo em Português, esperamos para 2017 termos também em Inglês e Espanhol tambem.

      Poderemos realizar uma parceria para enviarmos nossos instrutores ai também e você vindo para cá, segue o Link de um importante evento no Rio de Janeiro/RJ

      http://win-network.ird.fr/content/view/full/239772

      Espero poder ajudar.

      Abraços

      Denilson Lehn
      denilson@pragaseeventos.com.br
      (55) 45 99957 0444 (tim)

      • Prezado Luis,

        Fui presidente de Associação no Estado de Santa Catarina e Presidente da FEPRAG – Federação Brasileira das Associações de Controladores de Vetores e Pragas Sinantrópicas, tenho 21 anos de experiência no Controle de Vetores e Pragas, se puder ajudar com algo sobre como funciona o Movimento Associativo no Brasil, conte comigo.

        Aqui no Brasil temos uma Empresa que faz pesquisa de nosso Mercado, Analise Setorial do setor, pode ser interessante desenvolver no Peru também.

  2. Interessante o curso para capacitação!
    Gostaria de saber se existe a possibilidade desses cursos serem aplicados no Amazonas?

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here