Vinte e seis ocupações são excluídas do MEI; confira a lista

A partir de agora, essas categorias devem se enquadrar em outras formas de tributação do Simples.

Desde o começo do ano, 26 ocupações não têm mais autorização para ser microempreendedor indiviual (MEI). Entre elas estão a dedetização, a fabricação de produtos de perfumaria e higiene pessoal e a operação de marketing direto. Essas categorias devem se enquadrar em outras formas de tributação do Simples.

Confira a lista completa das ocupações:

– Abatedor(a) de aves independente

– Alinhador(a) de pneus independente

– Aplicador(a) agrícola independente

– Balanceador(a) de pneus independente

– Coletor de resíduos perigosos independente

– Comerciante de extintores de incêndio independente

– Comerciante de fogos de artifício independente

– Comerciante de gás liquefeito de petróleo (glp) independente

– Comerciante de medicamentos veterinários independente

– Comerciante de produtos farmacêuticos homeopáticos independente

– Comerciante de produtos farmacêuticos, sem manipulação de fórmulas independente

– Confeccionador(a) de fraldas descartáveis independente

– Coveiro independente

– Dedetizador(a) independente

– Fabricante de absorventes higiênicos independente

– Fabricante de águas naturais independente

– Fabricante de desinfetantes independente

– Fabricante de produtos de perfumaria e de higiene pessoal independente

– Fabricante de produtos de limpeza independente

– Fabricante de sabões e detergentes sintéticos independente

– Operador(a) de marketing direto independente

– Pirotécnico(a) independente

– Produtor de pedras para construção, não associada à extração independente

– Removedor e exumador de cadáver independente

– Restaurador(a) de prédios históricos independente

– Sepultador independente

O MEI que atue nessas atividades terá que solicitar seu desenquadramento no Portal do Simples Nacional. Clique aqui para mais informações.

Autor: Comunicação Pragas e Eventos

Você encontrou algo no nosso site que parece estar incorreto?
Deseja nos enviar alguma crítica ou sugestão sobre ele?
Basta entrar em contato conosco pela secção de comentários aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *