Criança de 5 anos morre após picada de escorpião em condomínio

crianca de 5 anos morre apos suposta picada de escorpiao em condominio 65a8460ec4e09 - Pragas e Eventos
A criança foi levada para o Hospital Estadual Sumaré. Foto: Divulgação

Menino brincava na área de lazer quando foi atacado; autoridades investigam possíveis negligências

Uma terrível tragédia abala a comunidade de Sumaré: um menino de apenas 5 anos perdeu a vida após, supostamente, ser picado por um escorpião em um condomínio no Jardim Maria Antônia.

Detalhes do Incidente

O incidente ocorreu na segunda-feira (15), e a vítima foi internada no Hospital Estadual Sumaré – HES, mas não resistiu e faleceu na terça-feira (16).

O menino, identificado como Lucas Miguel Barbosa, brincava na área de lazer do condomínio quando, por volta das 21h da terça-feira, reclamou à mãe sobre uma possível picada, afirmando que havia pisado em alguma coisa e que seu pé estava ardendo.

Esforços Médicos

A equipe pediátrica do HES lutou para salvar a vida da criança, utilizando soro específico para picadas, porém, lamentavelmente, ele não resistiu.

Durante a madrugada, Lucas teve 12 paradas cardíacas, e no início da manhã, veio a óbito.

editor 65a8459e3a95d - Pragas e Eventos
Lucas Miguel estava brincando em parquinho quando foi picado
(© Divulgação)

Investigações em Andamento

O síndico do condomínio, Fábio Pereira da Silva, de 44 anos, mencionou que a manutenção para evitar animais peçonhentos é realizada, mas apontou uma Área de Preservação Permanente (APP) próxima, sem os devidos cuidados da Prefeitura.

O corpo da criança foi encaminhado ao IML para exames periciais que determinarão a causa da morte.

Posicionamento da Prefeitura

A Prefeitura de Sumaré, ao ser questionada, afirmou realizar manutenção rotineira na área, destacando os desafios causados pelas chuvas frequentes.

Além disso, alertou sobre a importância da dedetização preventiva em locais particulares, como o condomínio em questão, para evitar tragédias similares.

A administração municipal expressou solidariedade à família enlutada e disponibilizou o canal 156 para denúncias e solicitações.