Família busca justiça após homem ser morto por infestação de percevejos em prisão dos EUA

Homem e morto por percevejos - Pragas e Eventos
Foto: correiodopovo-al

Incrível relato de horror: detento é encontrado morto e coberto de percevejos em prisão americana.

Advogado da família afirma que homem morreu por infestação de percevejos em cela de prisão nos EUA

Lashawn Thompson, preso por conduta ilícita e diagnosticado com transtornos mentais, foi encontrado morto em sua cela na prisão do condado de Fulton, em Atlanta, Geórgia. Segundo o advogado da família, Michael D. Harper, Thompson foi “comido vivo por insetos e percevejos”. Fotos divulgadas pelo advogado mostram o corpo de Thompson coberto de insetos.

Harper requisitou a abertura de uma investigação criminal e um processo para apurar o caso, alegando que a cela em que Thompson estava alojado não era adequada para um animal doente, e que as autoridades penitenciárias não fizeram nada para reverter o quadro ou ajudá-lo.

De acordo com o relatório do Fulton County Medical Examiner, Thompson foi encontrado inconsciente em sua cela em 19 de setembro, três meses após sua prisão, e declarado morto após tentativas de reanimação. O relatório indica uma “grave infestação de percevejos” na cela, mas não identificou sinais claros de trauma no corpo de Thompson. A causa da morte foi listada como indeterminada.

image doc sw2kf - Pragas e Eventos
Percevejos são atraídos por roupas usadas, segundo um novo estudo (afp_tickers)

Quão nocivos podem ser percevejos?

As fotos divulgadas pelo advogado pintam uma imagem mórbida de Thompson. Nelas, o rosto e o torso do homem podem ser vistos cobertos de insetos.

Para o entomologista da Universidade de Kentucky Michael Potter, as condições da cela, a partir do que revelam as imagens, são “chocantes”.

“Lido com percevejos há mais de 20 anos”, disse à BBC o pesquisador, que é especialista neste tipo de inseto, chamado popularmente em inglês de “bed bug”, por ser bastante encontrado em colchões (“bed” significa “cama” e “bug”, inseto).

“Nunca vi nada desse nível, se é de fato o que estou vendo.”

Picadas de percevejos geralmente não são letais. Em alguns casos raros, contudo, a exposição prolongada a uma infestação massiva de percevejos pode causar anemia grave, que pode ser letal se não for tratada, disse Potter.

“Percevejos se alimentam de sangue, e um grande número de percevejos se alimentam de grandes quantidades de sangue”, pontuou. Em outros casos extremos, acrescentou o especialista, as vítimas podem sofrer uma reação alérgica e entrar em choque anafilático, que também pode ser letal.

Investigação foi aberta

“Não é segredo que as condições deploráveis e em rápida degradação das instalações tornam incrivelmente difícil de se atingir o objetivo de oferecer um ambiente limpo, bem cuidado e saudável para todos os detentos e funcionários”, declarou em comunicado o gabinete do xerife do condado de Fulton.

O departamento, que administra a penitenciária, anunciou a abertura de uma investigação ampla sobre as circunstâncias da morte de Thompson e um investimento imediato de US$ 500 mil “para lidar com a infestação de percevejos, piolhos e outros parasitas na prisão do condado de Fulton”.

Ainda segundo o comunicado, a penitenciária também atualizou os “protocolos das rondas de segurança para incluir a análise e supervisão das condições sanitárias” do prédio.

“A investigação em andamento está examinando detalhes sobre os cuidados médicos prestados e determinará se quaisquer acusações criminais são justificadas neste caso”, diz o documento.

O gabinete do xerife também reiterou um apelo para a construção de uma nova penitenciária, maior, para “fornecer cuidados de alto nível, serviços de saúde mental, segurança e limpeza”.

Autoridades do condado avaliam a possibilidade de construção de uma nova unidade prisional para substituir a atual, que tem uma longa reputação de ser superlotada, subfinanciada e com condições insalubres.