Agentes de saúde vão receber atrasados

Câmara aprovou projeto de lei que prevê o repasse e recurso sai após sanção de Lins

0
18

A Câmara de Osasco concluiu, ontem, a votação do projeto de lei para abertura de crédito adicional ao orçamento municipal no valor de R$3 mil, que serão repassados aos agentes comunitários de saúde que trabalharam em novembro e dezembro no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya. A verba entra nos cofres da prefeitura por meio de repasse do governo federal e, por ter destinação específica, precisa ser aprovada pelos vereadores, o que não aconteceu no ano passado.

Com isso, os agentes não haviam recebido os repasses referentes aos dois últimos meses de 2016.  Com a aprovação em segunda discussão, o projeto será enviado à sanção do prefeito Rogério Lins (PTN). “Queria agradecer a paciência dos agentes e pedir que repassem que não é culpa da atual administração. O dinheiro estava aí, mas só pode pagar com a autorização de uma lei. Esse projeto vai ser sancionado pelo prefeito e vocês vão receber nos próximos dias”, afirmou o vereador Ralfi Silva (PTN).

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here