Prefeitura de São Caetano Inicia Amplo Serviço de Controle de Pragas em Escolas e Espaços Públicos

i2 guiataubate croppedImg 1420679039 - Pragas e Eventos
Foto: Freepik

Amplo Controle de Pragas em São Caetano:

A Prefeitura de São Caetano do Sul anunciou o início de um amplo serviço de controle de pragas, abrangendo escolas, clubes, ginásios esportivos e outros departamentos públicos. Ao todo, 108 locais, totalizando 452 mil m², receberão intervenções especializadas.

Serviços Abrangentes:

Este é o mais abrangente serviço já realizado na cidade e inclui desinsetização, desratização, descupinização, controle do mosquito da dengue, e remoção de pombos. As ações envolvem higienização, aplicação de gel repelente, instalação de redes de proteção e antipássaros, além de sistemas eletromagnéticos e outros métodos.

Objetivo e Desafios:

O prefeito José Auricchio Júnior destaca a importância da iniciativa para enfrentar um problema persistente, buscando soluções para a proliferação intensa das pragas urbanas. O objetivo é garantir a salubridade nas escolas e espaços públicos, reduzindo riscos à saúde pública.

Segurança nas Escolas:

A secretária municipal de Educação, Minéa Fratelli, ressalta a essencialidade desses serviços para criar ambientes seguros nas escolas. A medida visa proteger a comunidade escolar, profissionais e o público que utiliza esses espaços, cumprindo a legislação vigente.

Controle Integrado de Pragas:

O serviço incorpora ações preventivas e corretivas, visando impedir que vetores e pragas gerem problemas significativos. Métodos de controle são selecionados para garantir resultados higiênicos, ecológicos e econômicos favoráveis.

Impacto Econômico e Riscos à Saúde:

O texto destaca o impacto econômico da dengue e as potenciais doenças causadas pela proximidade entre humanos e pombos. Enfatiza a importância do controle para diminuir a concentração de insetos e animais sinantrópicos, prevenindo transmissão de doenças e acidentes.

Alinhamento e Transparência:

O amplo serviço está alinhado ao princípio da economicidade e segue recomendações do Ministério Público e do Tribunal de Contas do Estado. Os serviços serão pagos à empresa mensalmente, com comprovação da realização por medição.