Família recebe maior compensação de sempre em processo sobre percevejos

Menino de três anos foi parar ao hospital depois de ter sido mordido. Dono do apartamento obrigado a pagar quase 1,6 milhões de dólares.

0
95

Uma família natural do estado norte-americano da Califórnia vai receber quase 1,6 milhões de dólares (cerca de 1,2 milhões de euros) num processo por causa de percevejos. Recorde-se que este minúsculo bicho, que se alimenta de sangue, é uma das maiores pragas nos Estados Unidos, podendo ser encontrado em camas.

De acordo com o New York Times, este é o montante mais elevado alguma vez pago nos Estados Unidos a uma só família, num processo sobre percevejos.

Lilliana Martinez, de 34 anos, indicou que os problemas começaram em 2012, no apartamento alugado pela família em Inglewood, no mesmo estado. O seu filho, Jorge, de três anos, apareceu cheio de manchas no corpo e no hospital disseram que se tratava de mordeduras de percevejo.

A filha mais nova, com três meses na altura, também foi mordida, aparecendo manchas nas suas costas.

No passado dia 4 de abril, um júri civil de Alhambra determinou que o dono do apartamento tem que pagar à família 1.593,500 dólares.

O advogado que representou esta família, Brian Virag, ganhou recentemente um outro caso, onde residentes de complexo de apartamentos em Los Angeles ganharam 3,5 milhões de dólares por causa do mesmo problema.

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here