Confirmado primeiro caso de Chikungunya em Patos de Minas

O paciente é um homem de 49 anos, que recentemente esteve na região Sul do Estado

0
8

Esta é uma notícia nada agradável de dar, foi confirmado na manhã desta sexta-feira (21), o primeiro caso de febre Chikungunya em Patos de Minas. A vítima é um homem de 49 anos que segundo informações esteve em viagem na região Sul do Estado. A doença infecciosa pode ser transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus.

Mesmo tendo sido confirmado pelo setor de Epidemiologia do município, o gerente Erivaldo Rodrigues Soares, disse que não pode repassar maiores detalhes a respeito do morador que contraiu a doença, por questões éticas que preservam a identidade do paciente. Mas adiantou que  o homem está em casa sob observação, após ter passado por um período de internação. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, este ano até o dia 18 de outubro, Minas Gerais registrou 679 casos prováveis de Chikungunya.

São considerados como casos suspeitos todas as pessoas que apresentarem febre de início súbito maior de 38,5ºC e artralgia (dor articular) ou artrite intensa com início agudo e que tenham histórico recente de viagem às áreas nas quais o vírus circula de forma contínua. Os sintomas que são semelhantes aos da dengue, podem aparecer de dois a dez dias após a picada do mosquito.

O vírus pode afetar pessoas de qualquer idade ou sexo, mas os sinais e sintomas tendem a ser mais intensos em crianças e idosos. Além disso, pessoas com doenças crônicas têm mais chance de desenvolver formas graves da doença.

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here