Infestação do mosquito Aedes subiu 4 vezes em Foz

0
7

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Foz do Iguaçu, divulgou nesta quinta-feira (19) o Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti (Liraa), referente aos dias 9 e 16 de janeiro de 2017. De acordo com o estudo, a infestação do mosquito transmissor da dengue e outras doenças, está quatro vezes maior, se comparado ao último levantamento.

O Liraa mostra quais os bairros de Foz do Iguaçu possuem ao maior número de criadouros do mosquito. De acordo com o CCZ, a cada cem casas do município, quatro estão infectadas.

O bairro com maior número de infestação é o Jardim Jupira, seguido do Bairro Ouro Verde e o São João, com 9,09%. Veja a lista:

1° Jupira 14,29%
2° Ouro Verde 11,11%
3° São João 9,09%
4° Morumbi I 8,63%
5° Porto Belo 7,86%
6° Morumbi III 7,11%
7° Portal da Foz 6,22%
8° Carimã 5,56%
9° Jardim São Paulo II 4,82%
10° Campos do Iguaçu 4,72%

Na lista ainda aparecem os bairros Parque Presidente, Lagoa Dourada, Lancaster, Sol de Maio, Jardim América, Padre Monti, Vila Yolanda, AKLP, Três Bandeiras, Vila Adriana, Curitibano, Profilurb I, Três Lagoas, CAIC, Vila C Nova, Cidade Nova e Jardim São Paulo I.

O agente de endemias Thiago Cavalcanti, informou que o CCZ recebe cerca de 80 ligações por dia, de reclamações de moradores de Foz, denunciando possíveis focos do mosquito e que o órgão consegue atender até 12 casos diariamente.

A maior dificuldade encontrada pelos agentes de endemia, são casas fechadas e construções abandonadas.

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here