Minas Gerais: sobe para 110 o número de mortos por febre amarela

Foram notificados 1.090 casos suspeitos da doença, dos quais 310 foram confirmados e 57 descartados

0
18

Subiu para 110 o número de mortes provocadas pela febre amarela em Minas Gerais em 2017, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES). Os dados foram divulgados nesta terça-feira (14) por meio do informe epidemiológico. Até a data da publicação, foram notificados 1.090 casos suspeitos da doença, dos quais 310 foram confirmados e 57 descartados. Os demais continuam em análise.

Já em relação aos óbitos, foram notificados 191, dos quais 110 foram confirmados no estado. Minas Gerais lidera o número de casos da doença que vive o maior surto no Brasil desde 1980. Os casos de febre amarela estão distribuídos em 51 cidades mineiras, sendo a maioria delas localizada na região Oeste. O maior número de casos notificados fica na cidade de Coronel Fabriciano, que tem 25 casos confirmados e 126 em investigação. Já a maior parte dos casos confirmados da doença está na cidade de Ladainha. Segundo pesquisas locais, 89,1% dos casos letais de febre amarela acometem homens, com idade média de 45 anos.

O número de cidades mineiras onde macacos mortos foram encontrados também subiu. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, o número de animais mortos pela doença saiu de 94 para 101. Somente na capital, Belo Horizonte, foram 16 animais recolhidos, sendo que dois deles tiveram o diagnóstico confirmado.

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here