A Prefeitura de Belo Horizonte e o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) assinaram, nesta segunda-feira (13), um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que prevê o combate ao carrapato-estrela na Pampulha, além do confinamento temporário e a esterilização das capivaras que vivem na região.

As capivaras são um dos hospedeiros do carrapato-estrela, que transmite a febre maculosa. Em setembro, a doença matou o garoto Thales Martins Cruz, de 10 anos, em Belo Horizonte. Ele era lobinho e participava das atividades dos Escoteiros do Brasil, seção Minas Gerais, há sete anos. Uma delas aconteceu no dia 20 de agosto, no parque.

Segundo a promotora Lilian Marotta, entre as principais ações, no que se refere às capivaras, está o manejo ético, que deve ser feito por meio da esterilização dos animais, com um cativeiro que respeite as necessidades dos roedores.

A prefeitura tem até 30 dias para apresentar um cronograma com o prazo de todas as ações. Mas o secretario Municipal de Meio Ambiente, Mário Werneck, disse que pretende começar a retirada das capivaras da Pampulha antes disso.

A captura, a esterilização e a reintrodução das capivaras ao seu habitat estão orçadas em R$ 500 mil. O recurso foi garantido por meio de um acordo de compensação ambiental firmado entre a prefeitura e uma empresa privada.

Os animais ficarão em uma área de cerca de 4 mil m² no Parque Ecológico da Pampulha. Segundo a prefeitura, a reintrodução das capivaras na Pampulha deve ser concluída em um prazo de 180 dias.

Já o combate aos carrapatos, segundo o Executivo municipal, depende de licitações. “ Nós temos que aplicar venenos para matar os carrapatos, e esse processo de licitação é que demanda tempo. Nós temos uma previsão perto de seis meses para que as empresas entreguem os seus orçamentos”, disse o secretário Municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto.

Ele explicou que o valor do combate ao carrapato nas capivaras será conhecido com o fim da licitação que definirá a empresa responsável pelo serviço.

O TAC ainda prevê ações educativas.

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here